Dia a Dia

Prêmio Denilto Gomes de 2018 seleciona 15 destaques da dança

Foto: Divulgação
Jussara Miller em Corpo Sentado

Criado em 2013 pela Cooperativa Paulista de Dança, o Prêmio Denilto Gomes escolheu os destaques de 2018.

A entrega dos prêmios será no dia 5 de dezembro/2018, às 19h, no Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo.

Veja os premiados de 2018:

Personalidade da dança (*): Maria Pia Finócchio

Trajetória na dança: Jussara Miller

Mainá Santana e Rafael Carrion em Não tive tempo para ter medo

Clique para ampliar

  Intérpretes: Mainá Santana e Rafael Carrion por Não tive tempo para ter medo, da Cia. Carne Agonizante

Coreografia (não estreia): O Último Dia, de Henrique Lima

Criação em dança: Fim, do Grupo Vão

Performance: Bondages, de Marta Soares

Intervenção urbana: Sete, do grupo GRUA / Gentlemen de Rua

Foto: Silvia Machado

GRUA

Clique para ampliar

Difusão em dança: Ensaios Coreográficos, de Helena Bastos

Publicação e pesquisa: Museu da Dança (MUD), de Natalia Gresenberg e Talita Bretas

Projeto em dança: Dança à Deriva – 5ª Mostra Latino-Americana de Dança Contemporânea, de Solange Borelli

Ação continuada em dança: Cia. Fragmento Urbano pelo projeto Encruzilhada: In.Corpor.Ações

Trilha sonora: Andrea Drigo pela direção musical de Juruá, da Cia. 8 Nova Dança

Revelação: Ana Pi por Noirblue

Produção em dança: Movicena Produções (Jota Rafaelli e Rafael Petri)

Atuação política na dança (*): A Dança se Move

(*) Os prêmios de Personalidade da dança e Atuação política na dança são escolhidos pelo conselho administrativo da Cooperativa Paulista de Dança.

A comissão de seleção dos premiados de 2018 reuniu:

Iara Biderman: jornalista, colabora para o jornal Folha de S.Paulo como repórter de dança e teatro e na cobertura de cadernos especiais de cultura, educação e saúde. É autora do blog Deu Baile e integrante da comissão de dança da APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte.

Junior Guimarães: produtor cultural há 19 anos. É coidealizador da Semana Criativa de Tiradentes (MG) e atualmente é coordenador de produção do Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo.

Simone Alcântara: pedagoga (FEUSP) e doutora em história (FFLCH-USP), é pesquisadora e professora de história da dança no curso de pós-graduação da Universidade Estácio, Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e Universidade São Caetano do Sul (USCS).