Programação Brasil

São Paulo - SP

Coletivo Qualquer – Dentro e GAG

Foto: Alessia Bombaci

O Coletivo Qualquer, que pesquisa novas possibilidades de criação na linguagem da dança, apresenta duas criações no Sesc 24 de Maio: Dentro, uma intervenção que propõe aos participantes um passeio sonoro pela unidade do Sesc, e o espetáculo GAG, no teatro.

Foto: Alessia Bombaci

Clique para ampliar

  Dentro é uma proposta audiocoreográfica em Site Specific, termo utilizado para obras criadas de acordo com o ambiente e com um espaço determinado. O trabalho parte de uma lógica de zoom in – zoom out, na qual se exploram as relações do espaço com o corpo e vice-versa. Os participantes são levados a fazer um tour pelo Sesc 24 de Maio, orientados por um áudio criado especialmente para a ocasião. Enquanto guia o público pelo prédio, o passeio revela as peculiaridades dessa construção e propõe novos olhares para o presente e o passado, para campos abertos e pontos fechados, para dentro e fora de si mesmo.

Foto: Alessia Bombaci

Clique para ampliar

Por outro viés, o espetáculo GAG também propõe uma espécie de investigação, mais coreográfica e direcionada. A partir de questionamentos acerca do corpo em movimento, o solo é um convite que, segundo os artistas do Coletivo, tem a ver com colocar um problema em cena, levantar perguntas e investigar a atribuição de significados a um corpo que se move, enquanto ele se move.

Segundo o Coletivo Qualquer, “GAG* é uma pergunta, é uma tentativa de colocar um problema em cena. Um convite que tem a ver com a atribuição de significados às coisas, nesse caso a um corpo que se move. Uma tentativa de gerar um território de impossibilidade, de significar um excesso de interpretação – esvaziamento? potência? tédio? Serão os significados uma construção ou serão eles inerentes à matéria que significam? O que é que se produz no exagero de significados que interrompem uma lógica de relações de sobreposição entre corpo e palavras? Qual corpo? GAG é uma pergunta acerca de um corpo dançando em cena hoje”.

O Coletivo Qualquer é formado por Luciana Chieregati (Brasil) e Ibon Salvador (País Basco), ambos coreógrafos e bailarinos. Luciana é formada em dança pela Universidade Anhembi Morumbi e Ibon é formado em Belas Artes pela Universidade do País Basco. O trabalho deles envolve pesquisa em dança, criação de espetáculos, realização de oficinas e promoção de contextos de criação artística compartilhada e intercâmbios.

Ficha técnica do espetáculo – Conceito: Coletivo Qualquer. Criação e interpretação: Luciana Chieregati. Codireção: Ibon Salvador. Texto: Luciana Chieregati em colaboração com Ibon Salvador, Camila Téllez, Idoia Zabaleta, Rosa Casado e Mike Brooks. Som: Eduardo Zallio
Acompanhamento: Idoia Zabaleta, Rosa Casado, Rafael Lamata, Jaime Vallaure, Camila Tellez, Ibon Salvador e Victoria Perez Royo.

DENTRO
10 a 26 de janeiro/2019 (quinta-feira a sábado), às 19h, exceto feriado do dia 25/1, em que ocorre às 17h
Local:
Térreo
Duração: 60 minutos.
Classificação etária: Livre
Grátis. Retirada de ingressos com uma hora de antecedência na Central de Atendimento.

GAG
15 e 22 de janeiro (terças-feiras), às 20h
Local:
Teatro | 1º subsolo (216 lugares)
Ingressos:
R$ 20 (inteira); R$ 10 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência); R$ 6 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). Ingressos à venda a partir de 8/01, às 12h, no portal sescsp.org.br, e 9/01, às 17h30, nas bilheterias das unidades da rede Sesc SP. Venda limitada a 4 ingressos por pessoa.
Duração:
90 minutos.
Classificação etária:
14 anos.

Duração: 60 minutos.
Classificação etária: Livre

10 a 26 de janeiro/2019
Grátis (Dentro) e R$ 20, R$ 10 e R$ 6 (GAG)

Rua 24 de Maio, 109, Centro, São Paulo (SP), tel. (11) 3350-6300.

Estações de metrô: República, Anhangabaú e São Bento.

www.sescsp.org.br