Programação Brasil

São Paulo - SP

Paula Aguas e João Saldanha – Tal do Caminho 

Foto: Renato Mangolin
Foto: Paula Kossatz

Clique para ampliar

  Tal do Caminho é um solo de Paula Aguas com encenação de João Saldanha, artistas da dança do Rio de Janeiro, que traça o sentido da moradia, seus percursos e formas de aconchego, onde a construção determina um universo feminino demarcado pelas dúvidas e certezas que a maternidade traz. Um trabalho que expressa o caminho solitário do indivíduo em busca de comunicação. Para João Saldanha, o projeto compõe “um processo delicado, longevo, onde a criação surge como forma de transformação e restauro para ampliarmos nossas

Foto: Paula Kossatz

Clique para ampliar

comunicações”.

Paula Aguas sempre buscou processos desafiadores, onde não tinha muito conhecimento sobre a linguagem e dessa vez não foi diferente. Segundo ela, Saldanha foi um mundo que se abriu à sua frente, propondo um trabalho minucioso, sensível e potente. Nos primeiros encontros entre os dois, a bailarina falava do desejo de um trabalho onde a plateia pudesse se colocar no lugar da intérprete, eliminando qualquer possibilidade de sublimação da

Foto: Paula Kossatz

Clique para ampliar

bailarina, tão comum ainda em dança.

“Queria um trabalho que eu me deixasse ver, vulnerável, ‘limpa’, despida de qualquer proteção ou máscara. Um diálogo que falasse de integridade, disponibilidade e afeto. Fomos juntos encontrando esses lugares, texturas, desejos e expressões. Uma dança que acolhe e se deixa ver nos passos delicados

Foto: Paula Kossatz

Clique para ampliar

e arriscados, assim como a vida” – conta Paula.

No palco, escultura e vídeo integram a concepção do espetáculo. As projeções conciliadas à montagem de uma escultura de madeira da arquiteta Lia Siqueira, consistem em firmar um ambiente que propõe uma moradia e estimulam estados emocionais. Tal do Caminho conta com colaboração de Daniela Visco e trilha de Sacha Amback, que selecionou entre as músicas uma composição do pai de Paula, António Mestre, considerado um dos melhores acordeonistas do mundo.

O espetáculo foi eleito um dos dez melhores de dança na temporada 2017 do Rio de Janeiro e tem o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura.

2 e 3 de outubro/2018
Terça e quarta-feira, 20h
R$ 30 e R$ 15 (meia)

Rua Capote Valente, 1323, São Paulo (SP), tel. (11) 3801-1843. Estação de metrô: Sumaré (linha verde).

70 lugares.

Duração: 50 minutos.

Classificação etária: 14 anos.

Vendas de ingressos na bilheteria do teatro, 1h antes, ou através do site www.sympla.com.br.