Ponto de Vista

Foto: Dayane Ros

Dança do inacabamento

Karma, de Rodolfo Lorandi e Maria Claudia Reginato, de Florianópolis (SC): Néri Pedroso escreve sobre esta criação, apresentada em Blumenau e Jaraguá do Sul em novembro de 2018.

Veja +
Foto: Cristiano Prim

Circar, dançar, perseverar*Por Jussara Xavier

Iminência do Agora surge na contramão da proliferação de solos, duos e projetos efêmeros. O espetáculo de Adilso Machado marca a promissora estreia da companhia Circar, de Florianópolis (SC).

Veja +
Foto: Cristiano Prim Cena do espetáculo Protocolo Elefante, do Grupo Cena 11, que integra a programação do Múltipla Dança 2017.

Viva a multiplicidade* Por Jussara Xavier

Às vésperas da abertura do 10º Múltipla Dança – Festival Internacional de Dança Contemporânea, que se realiza em Florianópolis, uma de suas curadoras tece o manto da memória para conceituar aquele que é o mais importante evento neste âmbito no sul do País. Em 2017, o Múltipla Dança acontece de 20 a 27 de maio.

Veja +
Foto: Cinthya Araujo

Vamos segurar essa marimba

“Um manifesto pela vitalidade” – é como Anderson do Carmo define a abertura do encontro Estéticas das Periferias 2016,

com o espetáculo Dos tambores ao tamborzão, de Gal Martins. A 6ª edição deste grande encontro idealizado pela Ação Educativa (http://www.acaoeducativa.org.br/), mobilizou inúmeros espaços no mês de agosto, em São Paulo, com uma programação construída colaborativamente por 33 coletivos culturais (http://esteticasdasperiferias.org.br/2016/).

Veja +