Conectedance Vídeos

Alonzo King LINES Ballet
Constellation

O coreógrafo norte-americano Alonzo King, que já foi comparado a William Forsythe por causa das novas perspectivas que ele cria para a técnica clásica, dirige a companhia LINES Ballet em San Francisco (EUA) desde 1982. Em 2014, o grupo apresentou no Teatro Alfa (São Paulo, SP) o espetáculo Constellation, que explora a orientação dos corpos com relação à luz. Nascido no estado americano da Georgia, em 1952, ele fala, em entrevista, sobre suas concepções estéticas e sobre a importância de se inserir a arte no processo educacional. 

Jorge Garcia
Divineia

Divineia, de Jorge Garcia, foi concebido originalmente para o Balé da Cidade de São Paulo e remontado em 2014 para a J.Gar.Cia Dança Contemporânea, companhia fundada e dirigida pelo coreógrafo e autor do espetáculo.

O livro Estação Carandiru, de Drauzio Varella, foi um dos pontos de partida de Divineia, nome dado pelos presidiários ao pátio onde fica a sala de revista corporal.

Em entrevista, Jorge Garcia fala sobre esta criação e sua poética e também sobre sua carreira de bailarino e coreógrafo.

Zélia Monteiro
Sob o Meu, o Nosso Peso

O tema central de Sob o Meu, o Nosso Peso é a memória – de um lugar na cidade de São Paulo, do corpo, da própria existência. Concebido e interpretado por Zélia Monteiro, este solo inspirado na história familiar da artista, estreou em outubro de 2014 na Escola de Meninas da Vila Maria Zélia, primeira vila operária da capital paulista, hoje tombada pelo patrimônio histórico. Veja entrevista de Zélia, sobre este trabalho que ganhou o Prêmio Denilto Gomes na categoria solo-improvisação.